10 Dicas para Se Tornar um Corretor de Seguros Pro (2024)

Sabemos que o mercado de seguros no Brasil está em alta, crescendo dois dígitos nos últimos anos e que existem muitas oportunidades, para corretores experientes e iniciantes na profissão ao comparar com outros países com o mercado maduro.

Porém, é importante saber que não é fácil a profissão de corretor de seguros, principalmente se ainda não tiver alguma experiência no mercado. Caso já tenha experiência, mesmo assim não será fácil, mas com certeza terá menos dificuldade.

Independente da sua situação, é importante considerar adotar uma estratégia validada e também para começar em um ramo menos competitivo. Preparei uma lista com 10 dicas para os corretores com SUSEP fresquinha.

Elas são baseadas na minha própria experiência e na dos meus colegas de profissão.

1 – Seja um corretor de seguros pessoa jurídica

Muitos têm essa dúvida, ser um corretor de seguros PJ ou PF?

Depende da sua visão de médio e longo prazo, mas se você quiser decolar na profissão, ao fazer um planejamento tributário simples, de cara já é possível visualizar que um corretor de seguros PJ paga menos imposto.

É importante saber que as melhores campanhas de seguradoras focam em corretor pessoa jurídica.

Portanto, pensando em escalar o seu negócio, abra uma corretora de seguros PJ, mesmo pagando um pouco mais de imposto no início, é a melhor alternativa profissionalmente falando.

2 – Construa a sua presença digital imediatamente

Não caia na falácia dos gurus de Instagram ao dizerem que ter um site não é importante para a sua empresa.

Ao contrário do que essa galerinha aí te conta, as corretoras de seguros que mais vendem atualmente possuem um site e toda a sua presença digital está focada em gerar resultados através de seus sites.

Não comece o seu negócio criando posts que vão fracassar em termos de resultado. O número de seguidores, curtidas, comentários e compartilhamentos somente são importantes quando eles lhe geram vendas.

Não estou dizendo que você não deve ter um perfil em redes sociais como o Instagram, mas sim que você deve começar a criar a sua estrutura pela base, ou seja, ter um site que irá coletar informações de visitantes oriundos das redes sociais, sites parceiros e principalmente do Google.

Seja através do tráfego pago ou do orgânico, o Google é a principal fonte geradora de leads (clientes potenciais) de uma corretora de seguros.

3 – Divulgue para a sua rede de contatos

Não seja um corretor de seguros envergonhado, você certamente tem uma rede de contados no Instagram pessoal, WhatsApp, Facebook e outras redes sociais.

Não se limite às redes sociais!

Em eventos em família, amigos, roda de antigos colegas de faculdade ou trabalhos anteriores, você deve falar o que você faz e se colocar à disposição para ajudá-los quando precisar.

Fiz muito isso ao encontrar velhos amigos e logo que precisaram renovar o seu seguro eu estava lá para cotar e emitir a apólice deles.

4 – Trabalhe com as seguradoras mais parceiras de um corretor iniciante

Saiba de uma coisa, o mercado vai cobrar produção de você logo no início! Nem todas vão te dar ferramentas e te pegar pela mão para te ajudarem como fazer a coisa acontecer.

Algumas seguradoras novas e também antigas no mercado olham com cuidado para os corretores que estão começando e você deve aproveitar ao máximo a disponibilidade dessas companhias de seguro em ajudar um corretor de seguros iniciante a prosperar.

São raras, mas existem!

5 – Foque em um ramo de seguros

Ser um corretor de seguros generalista ou especialista?

Este tema merece um artigo à parte. Eu sou do tipo que não gosta de perder uma oportunidade e tenho preferência por atuar como um generalista, porém com estratégia.

Se você pretende vender todos os tipos de seguros, tem que tomar o devido cuidado para não deixar a sua comunicação confusa, principalmente nas redes sociais que, em geral, ao focar em um nicho específico, a tendência é que você tenha mais resultados.

Apesar de vender para quase todos os ramos, a minha estratégia é a de comunicar com o público alvo de um ramo específico e aos poucos oferecer outros produtos a eles.

6 – Construa parcerias que irão fortalecer o seu negócio

Existem diversas empresas que tem sinergia dos produtos e serviços que elas comercializam com os seguros que você irá vender corretor. Olhe para a sua rede de contatos e tente identificar quais são essas potenciais parcerias que poderão lhe ajudar no começo.

Empresas como imobiliárias, agências de viagens, lojas de veículos e muitas outras são excelentes oportunidades para você criar uma parceria que poderá ser duradoura e lucrativa para ambos.

7 – Cartão de visitas, panfletagem ainda funciona!

Um cartão de visita por mais simples que seja pode lhe gerar vendas que serão cruciais no início para o seu negócio. A dica é não largar em qualquer lugar um punhado de cartões e sim entregar com sabedoria para as pessoas certas.

Apesar de entregar o cartão, sempre saco o celular e já peço o WhatsApp da pessoa. Assim não dependo dela para entrar em contato comigo, afinal de contas ela pode esquecer.

Mas por qual motivo entregar o cartão então? Formalidade, espalhar a sua marca por aí e quem sabe receber a indicação de outra pessoa.

Panfletagem funciona se você estiver no lugar certo como supermercados, estacionamentos e eventos que de alguma maneira se conecta com o seguro de automóvel, por exemplo.

8 – Crie uma estratégia de prospecção

Faça uma lista de potenciais clientes que você deseja prospectar.

Estude bastante as dores desses clientes e o produto que será a solução para elas. Tenha um roteiro para facilitar a comunicação e que vá lhe ajudar a resolver possíveis objeções durante a conversa.

O que aconteceu comigo pode acontecer com você, pois em muitos casos o cliente não quis o que ofereci (ou não era o momento ainda), mas eles compraram outros seguros que estavam precisando.

9 – Aproveite as campanhas das seguradoras

Venda o que irá lhe gerar a maior receita. É gostoso trabalhar com o que a gente gosta, mas você precisa fazer o seu negócio ser sustentável e focar em campanhas que irão lhe trazer mais resultados, fará você se sentir mais tranquilo para trabalhar com o que realmente gosta.

10 – Você é a sua melhor marca

Saber se vestir melhor, adquirir uma postura de vencedor e se comunicar com autoridade no assunto fará com que você seja um corretor de seguros diferenciado.

As pessoas querem comprar de quem elas admiram e passam confiança e cabe a você corretor criar o seu marketing pessoal, pois você é á sua melhor marca.

Dica Bônus!

Se você ainda não tirou a sua SUSEP será o maior beneficiado dessa dica.

Não espere ser corretor com SUSEP ativa para criar o seu logotipo, comprar o domínio e criar o seu site, faça isso quanto antes!

Procure saber como indexar as páginas do seu site no Google e também para criar o Perfil da empresa (antigo Google Meu Negócio) na busca do Google e no Google Maps para seu estabelecimento físico ou a sua área de cobertura.

Customize seu perfil adicionando fotos, ofertas, postagens e muito mais.

Novamente, o Google é e deverá ser por muito tempo a maior fonte de renda para os corretores de seguros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima